Buscar
  • brunoabreu6

O importante papel da alimentação na saúde e qualidade de vida


Comer bem é fundamental. Quantas vezes você já ouviu essa frase? Provavelmente, muitas, mas ninguém te explica o porquê dessa afirmação ou o que é comer bem, de fato. Podemos afirmar que é muito importante o papel da alimentação na saúde e na qualidade de vida, garantindo que se tenha energia e se previnam doenças.


Mas esbarramos, novamente, em um conceito vago: qual é o papel da alimentação realmente? É preciso saber que a maior parte dos processos fisiológicos depende da ingestão de micronutrientes corretos para ocorrer da melhor forma e eles são adquiridos por meio de uma alimentação rica, variada e na quantidade correta. Não adianta ingerir rios de comida para ter mais nutriente que o necessário! Isso pode até mesmo provocar um efeito rebote no corpo e trazer condições.


Nos próximos parágrafos, vamos falar mais sobre a importância da alimentação na saúde e na qualidade de vida, de uma maneira leve e simples para que todos possam entender.


A importância da alimentação saudável para a qualidade de vida


Realizar a refeição é um costume de importância cultural para o ser humano. Foi assim que grupos foram formados, alianças, famílias e isso prossegue até hoje em todo o mundo. Por exemplo, quem nunca comemorou uma conquista celebrando ao lado de outras pessoas em uma mesa farta de comida, mesmo que em um restaurante famoso?


Entretanto, a importância do ato de comer vai muito além da cultura. A alimentação é importante, pois é o próprio ato de dar energia para o corpo gastar durante os dias. Isto é, sem comer, o corpo fica fraco, doente e não realiza as suas funções de maneira otimizada. Isso vale também para a alimentação que não fornece nutrientes de forma correta e causa a deficiência de algum deles, como as proteínas, vitamina C, vitamina A, vitamina D, etc. É possível ficar desnutrido mesmo se alimentando com muitas calorias ou fazendo mais de uma refeição ao dia, basta não ter um plano nutricional adequado por culpa própria ou do ambiente.


A alimentação saudável, então, se põe como o fator fundamental de um corpo saudável e forte, garantindo a uma pessoa:


  • Disposição para o trabalho;

  • Menos cansaço;

  • Menos estresse;

  • Prevenção de doenças;

  • Prevenção do envelhecimento;

  • Melhora do sono;

  • Fortalecimento muscular;

  • Fortalecimento ósseo, entre outros benefícios.


Na qualidade de vida, não é possível excluir o fato de dietas planejadas, e exclusão de alguns tipos de alimentos, melhorarem a rotina de pacientes, principalmente os que sofrem com doenças como a artrite e a artrose. Por exemplo, existem evidências de que produtos animais poderiam favorecer a inflamação corporal e trazer mais dores para quem sofre com a doença.


Então dietas vegetarianas auxiliariam neste sentido. Você pode ler mais sobre isso aqui (em inglês):



No próximo tópico, vamos falar mais sobre como manter uma dieta saudável que contribua para a saúde e a qualidade de vida.


Dicas para manter uma alimentação saudável


Antes de começar as dicas, é preciso ressaltar: equilíbrio e variedade são tudo! Sem uma dieta rica e variada em diversos tipos de alimento, além de equilíbrio entre todos os nutrientes, não existe saúde nem qualidade de vida. Então, às vezes, uma escapada pode não ter problema, mas seguir num ritmo de comidas industrializadas e negligenciar vegetais e legumes tem bastante problema!


Abaixo, veja dicas de como manter uma alimentação saudável


Evite alimento industrializados

A principal dica é comer comida de verdade! Pura e simples. Se não parece comida, vem com muitos conservantes e nunca estraga, o alimento é um amontoado de calorias vazias que contribuem para a inflamação corporal e lesa o seu sistema digestivo aos poucos, provavelmente. Isso significa evitar gorduras hidrogenadas, açúcar refinado, farinha branca e bebidas como refrigerantes.


Procure alimentos naturais

Vegetais, legumes, tubérculos, cereais, etc. Tudo isso é fundamental para uma dieta balanceada e equilibrada, garantindo a saúde de uma pessoa. Dietas que combinem todos esses elementos (e alguns tipos de carne) contribuem para o consumo de quase todos os nutrientes necessários e ainda previnem doenças.


Saiba o que você está consumindo (leia rótulos!)

O rótulo de um produto contem todas as informações que o seu alimento precisa ter. Ou seja, a embalagem pode até enganar que o item é natural, mas as informações vão denunciar qualquer componente sintético e perigoso para o seu organismo. Procure sempre ler rótulos e descobrir mais sobre o que você compra.


Além disso, busque também alimentos funcionais e verifique, junto ao seu médico, a necessidade de suplementação de vitaminas e minerais. O seu cuidado pode ser bem fácil, mas precisa estar aliado a profissionais.


A sua saúde precisa de uma alimentação saudável!


Anotou todas as dicas que trouxemos? Então é hora de dar o próximo passo e pôr em prática o que você descobriu. Muitas pessoas sabem o que é preciso, mas tem receio ou dificuldade de começar a se cuidar. Nós do Instituto Gallassini atendemos diversas pessoas nessa situação e sabemos que acompanhamento e incentivo são ótimos para dar esse início no processo de cuidado.


Por isso, considere procurar profissionais e começar a cuidar da sua alimentação. Aqui, em nossa clínica, temos atendimentos com diversas terapias e tratamentos para ajudar cada paciente em seu objetivo, sem nunca esquecer da saúde.


Entre em contato conosco. Podemos ajudar você a encontrar a melhor alimentação para você. Agende uma avaliação junto à nossa equipe.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo